Alimentos que ajudam a prevenir o câncer da mama

Há alimentos que podem ajudar a prevenir esse tipo de câncer. Os riscos de desenvolver essa doença são altamente influenciados por fatores genéticos, mas calcula-se que boa parte desses tumores podem ser evitados com hábitos de vida saudáveis, principalmente no que diz respeito à alimentação.

Dessa forma, além de evitar os itens ultraprocessados, que são cheios de gordura, sal, açúcar e aditivos artificiais, vale a pena incluir no cardápio alguns alimentos que contêm substâncias capazes de prevenir o câncer de mama. Confira a lista:

1. Frutas vermelhas

A cor típica de frutas como  cereja, framboesa e morango se deve à presença de antocianinas, pigmentos da classe dos flavonoides.

Além de conferir a tonalidade dessas frutinhas, essas substâncias têm propriedades antioxidantes, ou seja, são capazes de combater os danos causados pelos radicais livres – moléculas que atacam o DNA das células e provocam erros que podem levar ao câncer de mama e a outros tipos de tumores.

2. Frutas e legumes amarelos e laranja

Novamente, a substância capaz de prevenir o câncer de mama é um pigmento: no caso das frutas e dos legumes amarelos e laranja, como abóbora, batata-doce, cenoura, manga e mamão, trata-se do betacaroteno, substância precursora da vitamina A.

Assim como as antocianinas, o betacaroteno também pode proteger o material genético da célula contra o estresse oxidativo causado pelos radicais livres.

3. Frutas cítricas

A vitamina C, presente em frutas com abacaxi, acerola, maracujá, laranja, limão e tangerina, é um antioxidante poderoso. Por isso, o consumo diário de frutas cítricas auxilia o corpo a prevenir o câncer de mama e outros tumores.

Vale lembrar que as frutas vermelhas também contêm vitamina C, embora as frutas cítricas sejam mais famosas nesse quesito.

4. Castanhas e outras sementes oleaginosas

As castanhas em geral, como amendoim, amêndoas, castanhas de cajú, são fontes de vitamina E, que também apresenta ação antioxidante. Ela atua em conjunto com a vitamina C, aumentando ainda mais o combate aos danos causados pelos radicais livres.

5. Brócolis e outros vegetais de folhas verde-escuras

Os vegetais crucíferos, como agrião, brócolis, couve, couve-flor, espinafre, repolho e rúcula, são conhecidos por seu alto teor de fibras, vitaminas e minerais – substâncias necessárias para o bom funcionamento do organismo e a prevenção de doenças.

Além disso, esses alimentos oferecem substâncias que atuam especificamente na prevenção do câncer, como os glucosinolatos, que combatem o estresse oxidativo, e o sulforano, que previne a formação de células cancerosas.

6. Soja e outras leguminosas

Leguminosas como ervilha, lentilha e grão-de-bico contêm isoflavonas, mas é a soja que tem o teor mais elevado dessas substâncias, pertencentes à classe dos fitoestrógenos.

As isoflavonas têm uma estrutura química semelhante à do estrogênio, um dos principais hormônios femininos. Por isso, elas conseguem se ligar aos receptores desse hormônio e “roubam” seu lugar.

Como alguns tipos de câncer de mama crescem ainda mais na presença de altos níveis de estrogênio, as isoflavonas da soja ajudam a combater seu desenvolvimento por bloquear a ação desse hormônio sobre os tumores.

7. Chia

Rica em fibras, a chia ajuda a reduzir a absorção de gordura e evita a formação de substâncias tóxicas no intestino, incluindo moléculas cancerígenas.

Além disso, essa semente contém ômega-3, um ácido graxo com propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes, combatendo assim os efeitos danosos dos radicais livres e prevenindo vários tipos de câncer, inclusive o câncer de mama.

8. Linhaça

Assim como a chia, a linhaça dourada e linhaça marrom oferecem fibras e ômega-3 e, dessa forma, ajuda a prevenir o câncer de mama e outros tipos de neoplasias. Contudo, a linhaça se destaca pela presença de lignana, uma substância que atua diretamente nas células cancerosas.

Nosso corpo tem um mecanismo de defesa que faz com que as células que apresentam algum problema se suicidem em um processo chamado apoptose celular. Contudo, esse mecanismo não funciona nas células cancerosas, por isso essa doença é tão agressiva e tem risco de se espalhar.

E é exatamente nesse ponto que a lignana presente na linhaça oferece seus maiores benefícios, pois essa substância é capaz de religar o processo de apoptose das células do câncer de mama, fazendo com que elas se autodestruam.

Além disso, a lignana também é um fitoestrógeno, assim como a isoflavona da soja, e evita que tumores de mama sejam “alimentados” pelo excesso de estrogênio.

Agora que você conhece alguns alimentos que ajudam a prevenir o câncer de mama, procure incluí-los no seu dia a dia de forma regular para aproveitar todos esses benefícios.

Kizaca pode ser prejudicial

Consumir as folhas de mandioqueira, vulgo kizaca, no mesmo dia em que são colhidas, pode constituir perigo para a saúde humana, disse ao Jornal de Angola o médico naturopata Pascoal Muenho. De acordo com Pascoal Muenho, a kizaca e a mandioca possuem um líquido (látex) que contém uma substância tóxica chamada linamarina.

Benefícios da Mandioca para a saúde

A mandioca é uma excelente fonte de carboidratos especiais, vitaminas e minerais. Por ser um alimento barato, resistente e nutritivo, a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) vem incentivando sua produção e consumo pelo mundo afora, em especial em países em desenvolvimento.

Abóbora auxilia no tratamento do câncer da próstata

Desde o início do século 20 que sementes de abóbora são usadas no tratamento do aumento, ou hiperplasia da próstata. De acordo com o especialista em fitoterápicos, Douglas Schar, a semente contém componentes chamados fitoesteróis que podem auxiliar na diminuição da próstata se ingeridas em boa quantidade três vezes por semana.

Dia Internacional do Farmacêutico

A data promove a profissão farmacêutica no mundo e proporciona o encontro dos profissionais da área, assinalando ao mesmo tempo a importância dos farmacêuticos para a saúde pública.

Foi o Conselho da Federação Internacional Farmacêutica que criou este dia no final dos anos de 2000 numa conferência em Istambul, Turquia.

Para que serve o Omeprazol?

Indicado para tratar certas condições em que ocorra muita produção de ácido no estômago. É usado para tratar úlceras gástricas (estômago) e duodenais (intestino) e refluxo gastroesofágico (quando o suco gástrico do estômago volta para o esôfago).

Para que serve o Coartem?

O Coartem 20/120 é um remédio antimalárico que contém arteméter e lumefantrina, substâncias que ajudam a eliminar os parasitas da malária do corpo, estando disponível em comprimidos dispersíveis e revestidos, recomendados para o tratamento de crianças e adultos respetivamente, com uma infecção aguda de Plasmodium falciparum sem complicações.

O que é homeopatia: entenda como funciona essa medicina alternativa

Criada pelo médico Samuel Hahnemann, a homeopatia é um tipo de terapia de tratamento liberada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como uma medicina alternativa e complementar, para quase todos os tipos de doenças físicas e psicológicas. Mas o que faz com esse tipo de medicina seja, de fato, funcional?

Os perigos da automedicação

Muita gente tem uma farmácia particular de remédios ou de plantas medicinais para lidar com contratempos como dor de cabeça e febres. Mas a automedicação começa a se tornar um problema sério quando vira rotina. Não só porque sintomas recorrentes podem indicar algo mais sério, mas porque todo medicamento tem potencial nocivo quando corre solto nas suas veias.

Alimentos que ajudam a prevenir o câncer da mama

Há alimentos que podem ajudar a prevenir esse tipo de câncer. Os riscos de desenvolver essa doença são altamente influenciados por factores genéticos, mas calcula-se que boa parte desses tumores podem ser evitados com hábitos de vida saudáveis, principalmente no que diz respeito à alimentação.

MULTIESKENDRA Farmacêutica Lda 2019 © Todos os direitos reservados