Os benefícios do milho na saúde humana

O milho é um cereal da família Poaceae, primo do trigo, aveia e arroz há 7 mil anos o milho está na alimentação humana ocupando um espaço muito importante, especialmente nas populações africanas e latino-americanas, região de onde ele se origina.

Fonte: www.agrosadc.com

Conhecemos o milho domesticado, de grãos gordos, redondinhos e amarelos e outros tipos regionais, mas, existem muitos outros, coloridos, nativos, sementes crioulas. O milho que se produz é um híbrido conseguido por seleção de melhores cultivos, as plantas maiores, que davam espigas mais cheias, talvez o mais antigo de todos a sua domesticação data de pelo menos 7 mil anos. O milho é um cereal sem glúten, rico em ferro e outros minerais, com um amido de fácil digestão e um alimento adequado para todas as idades, sem restrições. É uma fonte importante de ácido fólico e vitamina B1, com fibras saudáveis que retardam a absorção dos açúcares e melhoram o sistema evacuatório, portanto, de certa forma também age como um alimento desintoxicante.

Com essas qualidades, o milho é adequado para a dieta das pessoas que são intolerantes ao glúten, para grávidas, lactentes e doentes em recuperação. As papas de milho, são usadas nas dietas dos convalescentes por serem de fácil digestão, alimentícias e confortantes. Também são adequadas como alimento novo durante o processo de desmatamento dos bebês. As características do milho como alimento estão aliadas à sua ação controladora das gorduras (tanto na ingestão destas, ou eliminação pelo bolo fecal, como ação secundária das fibras vegetais, como na regulagem da sua produção pelo fígado), no combate à diabetes, na manutenção de uma pressão arterial equilibrada, nas dietas contra a obesidade, nos problemas de retenção hídrica e nas patologias que produzem espasmos do cólon.

O que tem no milho? O milho é um alimento rico em minerais, aminoácidos, proteínas e fibras digestivas importantes para a alimentação humana. Em 100 g de milho em grãos há 353 kcal / 1475 kj e, detalhadamente:
Água 12,5 g Carboidratos 75,1 g Açúcares 2,5 g Proteína 9,2 g Gordura total 3,8 g Fibra total 2 g Sódio 35 mg Potássio 287 mg Ferro 2,40 mg Cálcio 15 mg Fósforo 256 mg Magnésio 120 mg Zinco 2,21 mg Cobre 0,31 mg Selênio 15.50 micg Vitamina B1 0,36 mg Vitamina B2 0,20 mg Vitamina B3 1,50 mg Vitamina A 62 mg Vitamina C 0 mg. O milho é um alimento rico em aminoácidos necessários à nossa alimentação – contém todos os aminoácidos conhecidos excepto a lisina e o triptofano.

Na saúde o milho é um aliado Toda a planta é curativa e, de cada uma de suas partes, podemos fazer remédios que têm suas indicações em tratamentos para o trato digestivo (estômago, intestinos e cólon), para os ossos, rins e sistema cardiovascular. Com a palha do milho se faz um chá que alivia problemas renais, infecções urinárias, combate os inchaços e a retenção hídrica. Dos cabelos do milho se faz um chá que é potente como diurético. Da farinha do milho se faz cataplasmas curativos para problemas de pele, que funciona como anti-inflamatório em feridas, contusões, furúnculos e dores reumáticas. Também com a farinha do milho moída fina, se faz um bom peeling para limpar a pele.

O óleo de milho é saudável na cozinha e como emoliente para a pele ajudando nos processos de cicatrização, hidratação e recuperação das peles ressecadas por ser riquíssimo em vitamina “E”. O milho (fruto) é um alimento rico de fácil digestão, se consumido de forma adequada, só engorda se houver exagero na quantidade diária. No entanto, tenha atenção para o facto de que deve ser consumido “in natura” e não o milho enlatado ou processado – porque, nesses casos, o que engorda são os aditivos que entram no processamento industrial deste (açúcar, glucose, etc) ou no excesso de sal. Então, caso tenha de usar o milho em grão, enlatado, lave-o bem antes, para reduzir o efeito do acúmulo dos aditivos de preservação.

Alimentos que ajudam a prevenir o câncer da mama

Há alimentos que podem ajudar a prevenir esse tipo de câncer. Os riscos de desenvolver essa doença são altamente influenciados por factores genéticos, mas calcula-se que boa parte desses tumores podem ser evitados com hábitos de vida saudáveis, principalmente no que diz respeito à alimentação.

Os perigos da automedicação

Muita gente tem uma farmácia particular de remédios ou de plantas medicinais para lidar com contratempos como dor de cabeça e febres. Mas a automedicação começa a se tornar um problema sério quando vira rotina. Não só porque sintomas recorrentes podem indicar algo mais sério, mas porque todo medicamento tem potencial nocivo quando corre solto nas suas veias.

O que é homeopatia: entenda como funciona essa medicina alternativa

Criada pelo médico Samuel Hahnemann, a homeopatia é um tipo de terapia de tratamento liberada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como uma medicina alternativa e complementar, para quase todos os tipos de doenças físicas e psicológicas. Mas o que faz com esse tipo de medicina seja, de fato, funcional?

Para que serve o Coartem?

O Coartem 20/120 é um remédio antimalárico que contém arteméter e lumefantrina, substâncias que ajudam a eliminar os parasitas da malária do corpo, estando disponível em comprimidos dispersíveis e revestidos, recomendados para o tratamento de crianças e adultos respetivamente, com uma infecção aguda de Plasmodium falciparum sem complicações.

Para que serve o Omeprazol?

Indicado para tratar certas condições em que ocorra muita produção de ácido no estômago. É usado para tratar úlceras gástricas (estômago) e duodenais (intestino) e refluxo gastroesofágico (quando o suco gástrico do estômago volta para o esôfago).
Muitas vezes o omeprazol é usado também na combinação com outros antibióticos para tratar as úlceras associadas às infecções causadas pela bactéria Helycobacter pylori.

Dia Internacional do Farmacêutico

A data promove a profissão farmacêutica no mundo e proporciona o encontro dos profissionais da área, assinalando ao mesmo tempo a importância dos farmacêuticos para a saúde pública.

Foi o Conselho da Federação Internacional Farmacêutica que criou este dia no final dos anos de 2000 numa conferência em Istambul, Turquia.

Abóbora auxilia no tratamento do câncer da próstata

Desde o início do século 20 que sementes de abóbora são usadas no tratamento do aumento, ou hiperplasia da próstata. De acordo com o especialista em fitoterápicos, Douglas Schar, a semente contém componentes chamados fitoesteróis que podem auxiliar na diminuição da próstata se ingeridas em boa quantidade três vezes por semana.

Benefícios da Mandioca para a saúde

A mandioca é uma excelente fonte de carboidratos especiais, vitaminas e minerais. Por ser um alimento barato, resistente e nutritivo, a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) vem incentivando sua produção e consumo pelo mundo afora, em especial em países em desenvolvimento.

Kizaca pode ser prejudicial

Consumir as folhas de mandioqueira, vulgo kizaca, no mesmo dia em que são colhidas, pode constituir perigo para a saúde humana, disse ao Jornal de Angola o médico naturopata Pascoal Muenho. De acordo com Pascoal Muenho, a kizaca e a mandioca possuem um líquido (látex) que que contém uma substância tóxica chamada linamarina.

Qual a relação entre obesidade e diabetes?

Enquanto o diabetes já atinge cerca de 350 milhões de pessoas no mundo, segundo estimativas da Organização Mundial da Saúde (OMS), a obesidade é considerada uma epidemia mundial. gundo dados divulgados pela OMS – Organização Mundial da Saúde…

MULTIESKENDRA Farmacêutica Lda 2019 © Todos os direitos reservados